Este site usa cookies para melhorar a experiência. Ao navegar no site está a concordar com o seu uso. Saiba mais sobre os Termos de Utilização.

Dez filmes para ver em casa com a família

Cinema em casa

Dez filmes para ver em casa com a família | #fiqueemcasa

O isolamento social faz com que se passe mais tempo na residência, na companhia de quem se gosta. Aproveite para ver ou recordar “cinema” com história.


Um dos passatempos preferidos da maior parte das pessoas é deleitar-se com a 7ª arte. O cinema pode mesmo ser considerado uma paixão transversal a quase todos. Hoje, vive-se um período delicado, que obriga a estar recolhido em casa. É o momento ideal para ver filmes que fizeram história, por isso, deixam-se dez sugestões, divididas por algumas categorias, mas todos acessíveis nos videoclubes, canais ou serviços de streaming.

Animação

Imperdível: Shrek. Venceu o primeiro Óscar de Melhor Filme de Animação em 2002, ano em que passou a existir essa categoria. Depois desse sucesso, as aventuras de um ogre verde (voz de Mike Myers), do Burro (voz de Eddie Murphy), entre outras personagens, continuaram, sendo feitas mais três longas-metragens Shrek 2; Shrek the Third; e Shrek Forever After. Recomendam-se todos.

Frozen II – o Reino do Gelo. Aí está outro filme que dispensa apresentações. Lançado no ano passado, é a sequela do sucesso planetário Frozen, que à semelhança de Shrek, também ganhou um Óscar. Registe-se, aliás, que foi com Frozen, de 2013, que a Disney ganhou a estatueta dourada de Melhor Filme de Animação pela primeira vez. E arrecadou igualmente o prémio de Melhor Canção Original com Let It Go – a banda sonora esteve semanas no primeiro lugar dos álbuns mais vendidos da Billboard. Frozen, inspirado no conto de fadas A Rainha da Neve, do autor dinamarquês Hans Christian Andersen, é um dos filmes de animação que mais renderam em bilheteira.

Dez filmes para ver em casa com a família | #FiqueEmCasa

Ação

A saga de Harry Potter teve oito episódios entre 2001 e 2011, encantando miúdos e graúdos. Hoje, quem está a sair da infância, pré-adolescentes e adolescentes estão a (re)descobrir estes filmes. Normalmente, quem vê o primeiro filme do jovem aprendiz de feiticeiro (Harry Potter e a Pedra Filosofal) fica com curiosidade de ver o segundo (Harry Potter e a Câmara dos Segredos) e assim sucessivamente até aos dois últimos (Harry Potter e os Talismãs da Morte: Parte 1 e Parte 2). Harry (Daniel Radcliffe), Hermione (Emma Watson) e Ron (Rupert Grint) parecem ter este efeito magnético. Deve ser magia!

Avatar está entre os filmes mais vistos de sempre. Em Portugal tinha mesmo o recorde em salas de cinema até 2019, atingindo 1.207.749 espetadores. Só no ano passado foi destronado por O Rei Leão. Avatar distinguiu-se,em 2009, pela tecnologia das imagens a três dimensões. Foi algo completamente diferente realizado por James Cameron, o “pai” de, entre outros sucessos, Titanic. Um filme de ficção científica para toda a família.

Dez filmes para ver em casa com a família | #FiqueEmCasa

Clássicos

A história do miúdo que faz amizade com um extraterrestre e tem a coragem de o proteger até ele conseguir regressar ao seu planeta natal correu mundo em 1982 e verteu milhões de lágrimas. No entanto, E.T. – O Extraterrestre é uma história antiga, com quase 40 anos, e muitos dos mais novos, na melhor das hipóteses, apenas ouviram falar desta obra de Steven Spielberg. Um bom filme para ver em família. Os pais vão viajar até ao passado e os filhos vão descobrir por que motivo esta é considerada uma referência da ficção científica.

O Senhor dos Anéis pode já ser considerado um clássico. O amor de Aragorn (Viggo Mortensen) e Arwen (Liv Tyler), a destreza de Legolas (Orlando Bloom), a teimosia de Gimli (John Rhys-Davies), a sabedoria de Gandalf (Ian McKellen) e a coragem de Frodo (Elijah Jordan Wood), juntamente com paisagens deslumbrantes ou cenas de batalha épicas, são alguns dos condimentos da receita do sucesso da aclamada trilogia O Senhor dos Anéis, que o realizador Peter Jackson fez chegar às salas de cinema entre 2001 e 2003. Se gosta do género, pode ver como tudo começou com Hobbit, outra trilogia de sucesso mais recente.

Adaptados

A Bela e o Monstro é uma adaptação a filme com atores reais da Disney do clássico de animação. Emma Watson, que saltou para o estrelato em Harry Potter, interpreta Bela. Dan Stevens, o Monstro. Mas o elenco deste filme, de 2017, é muito mais rico, graças às participações de Emma Thompson, Kevin Kleine ou Luke Evans. Assim como mais rica ficou a Walt Disney Studios Motion Pictures, pois o filme foi um sucesso de bilheteiras mundiais – está entre os 20 que mais faturaram –, além das duas nomeações para Óscar: Melhor Guarda-Roupa e Melhor Direção Artística.

O Livro da Selva é outra adaptação de uma história da Disney e que merece que se esteja sentado no sofá rodeado da família. A tecnologia 3D é espetacular, num filme em que o jovem Mogli (Neel Sethi), criado por lobos na selva indiana, tenta sobreviver ao tigre Shere Khan (voz de Idris Elba), com a ajuda do urso Baloo (voz de Bill Murray) e da pantera-negra Bagheera (voz de Ben Kingsley). Mais um sucesso no que toca às adaptações, à semelhança de O Rei Leão ou Aladino, lançados em 2019 e disponíveis para compra. Uma nota para a O Rei Leão: teve 1.280.743 espetadores, sendo o filme mais visto em Portugal, desde que o Instituto do Cinema e Audiovisual começou a compilar estes dados em 2004.

Dez filmes para ver em casa com a família | #FiqueEmCasa

Comédia

Aonde é que para a polícia é uma película em que impera o nonsense tão comum nos filmes do já falecido Leslie Nielsen, que interpreta o detetive Frank Drebin. As gargalhadas estão garantidas para toda a família.

Val Kilmer é o protagonista de Top Secret, mais uma comédia na qual o ridículo dá cartas, mas em que não se consegue parar de rir. Uma viagem bem-disposta aos anos 80 do século passado.


Publicado 27-Mar-2020  /  17:30